Quando a mulher chega na fase da puberdade todo o fisiológico do seu organismo começa a ter mudanças essenciais para feminilidade. Dá inicio ao clico menstrual, que somente se encerra quando a idade chega na menopausa. Essa fase representa a fertilidade da mulher.

Todo mês o ciclo chamado de menstruação ocorre, desde que a mulher esteja em condições normais, sem que tenha qualquer impedimento do ciclo - “sangramento normal com duração aproximada de 3 a 7 dias” e geralmente é acompanhado de vários sintomas.

Sintomas da menstruação chegando

O sangramento ocorre devido a não fecundação do ovócito (células germinativas femininas produzidas nos ovários), geralmente sucede em média de 28 em 28 dias. O ovócito não fecundado se degenera, e é expelido pelo organismo como forma de muco uterino (ou endométrio), sangue e hormônios.

Muitos são os sintomas da menstruação. Cada qual reage de forma distinta de acordo com cada mulher. Há casos em que existem mulheres que não sentem nada durante o mês, ou sentem em um mês sim, e no outro não. Os sintomas costumam ser rotulados como TPM – Tensão Pré – Menstrual. São o acúmulo de sintomas físicos e comportamentais que surgem na segunda metade do ciclo menstrual, gerando grandes interferências na vida da mulher.

Sintomas da menstruação chegando

Os sintomas mais frequentes são:

  • Desconforto abdominal: cólicas na região do abdômen;
  • Mastalgia cefaleia: dor e aumento da sensibilidade da mama;
  • Retenção de líquidos: dor e inchaço das pernas;
  • Sensibilidades emocionais: depressão, sensações de desvalia, choro fácil, dificuldade de concentração, humor deprimido, irritabilidade, esquecimento e dificuldade de concentração;
  • Mudanças físicas: tensão, distúrbio do sono, aumento do apetite, calor excessivo, palpitações, tonturas e acne. Além de aumentar o apetite por alimentos doces, como chocolate, etc.

Por promoverem tantas mudanças, os sintomas da menstruação podem ser amenizados desde que se tenha uma acompanhamento correto. Algumas medidas práticas auxiliam as mulheres com problemas provenientes do ciclo menstrual periódico. O mais adequado é procurar orientação médica sobre esclarecimentos dos sintomas, pois a saúde da mulher precisa ser sempre verificada. Mudar os hábitos alimentares, diminuindo a quantidade de gordura, sal açúcar, cafeína, bebidas álcoólicas, fazer refeições em períodos adequados e alimentar-se com frequência de alimentos ricos em cálcio- leite e iogurte, magnésio – frutas e hortaliças. Agindo assim, muitos desconfortos poderão ser eliminados, e a mulher passa a ter uma vida com mais tranquilidade mesmo com tantos sintomas.

Mais informações por email

Outro textos: